Hemostático


Existe disponível, atualmente, grande variedade de agentes hemostáticos locais, vedantes e adesivos tissulares. O conhecimento do mecanismo de ação de cada um deles é primordial para a escolha do agente ideal para cada tipo de hemorragia. Os agentes hemostáticos são divididos em dois grupos, de acordo com seus mecanismos de ação: a) ativos - os ativadores das plaquetas; b) passivos ou mecânicos - promotores da absorção do sangue, aumentando o seu volume e pressionando o local do sangramento. Os agentes ativos podem ser usados nas coagulopatias, utilizam componentes do plasma humano como trombina e fibrina e, por isto, podem transmitir doenças virais e são mais dispendiosos. Os agentes mecânicos, por criarem uma barreira ao sangramento devido ao aumento de volume, não podem ser usados em áreas confinadas.